Acampamento inicia programação de férias no Movimento de Emaús


Aproximadamente 150 adolescentes e jovens da região metropolitana de Belém participam do II Acampamento da Juventude a partir desta sexta-feira (30) e irá até domingo (02.07)na sede do Movimento República de Emaús no Benguí, em Belém (PA). Com tema "Jovem Negro Vivo: A periferia existe e resiste” o acampamento discutirá temas referentes as chacinas da juventude negra de periferia, a educação e os direitos fundamentais, por meio de rodas de conversa, oficinas, exposição e debates.

O evento é uma realização do Movimento República de Emaús com o apoio da rede Direitos Humanos Contra a Violência e Pela Vida (DHAVIDA), e tem como objetivo a troca de saberes na luta em defesa de direitos, contra o extermínio da juventude da periferia, e fortalecer o protagonismos de jovens.

Além de meninos e meninas atendidos pelo Movimento de Emaús, participam também Universidade Popular (Unipop), Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará (Cedenpa), Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE), Levante Popular da Juventude, entre outros.

O acampamento é o inicio das atividades para as férias do Movimento de Emaús, que realiza sua já tradicional Colônia de Férias as terças e quintas-feiras, especificamente nos próximos dias 4, 6, 11 e 13 de julho, garantindo atividades de musica, teatro e esportes aos mais de 600 meninos e meninas atendidos pela instituição

SERVIÇO: II Acampamento da Juventude 
DATA: 30.06 ao dia 2º de julho de 2017
Local: Sede Movimento de Emaús
Endereço: Rua Yamada, 17 - Bairro do Benguí
Assessoria de imprensa: Luciana Kellen, 91-992443563

PROGRAMAÇÃO II ACAMPAMENTO

30.06 - sexta-feira
16h00 – Credenciamento e alojamento.
19h00- Abertura (mística)
20h00 as 22h00- Cine Direitos Humanos ( CEDENPA)]

01.07 – SABADO
07h00- Café da Manhã
08h00 – Divisão de Brigadas.
09h00- Oficina de Customização de Camisas
10h00 as 12h00– Analise de conjuntura composição da Mesa (frente Brasil popular Adíma farias. Movimentos Estudantis Juntos e Juntas – Adriano Mendes, Direito humanos contra violência e pela vida - João Gomes, MST- Beatriz luz ) e debates.
12h00 as 13h- Almoço
14h00 as 15h00- Rodas de conversas com familiares das vitimas e membros do DHAVIDA.
15h00 as 16h00- Discussão dos Eixos
Eixo 01
Mulheres negras da periferia
Eixo02
Violência no campo e na cidade.
Eixo 03
Direitos humanos e defensores ameaçados
Eixo 04
O papal da juventude perante o extermínio da juventude.
16h00 Lanche
17h00 – Preparação saída ato show na Praça Marex.
20h00 retorno e jantar

02.07 - DOMINGO
7h00 as 8h00 - Café da Manhã
8h30 as 10h00 – socialização das discursão dos eixos.
10h00 as 10h30 Lanches
10h30 as 11h30 Avaliação e Propostas
11h 30 as 12h00- mística de encerramento
7h00 as 8h00 - Café da Manhã
8h30 as 10h00 – socialização das discursão dos eixos.
10h00 as 10h30 Lanches
10h30 as 11h30 Avaliação e Propostas
11h 30 as 12h00- mística de encerramento
7h00 as 8h00 - Café da Manhã
8h30 as 10h00 – socialização das discursão dos eixos.
10h00 as 10h30 Lanches
10h30 as 11h30 Avaliação e Propostas
11h 30 as 12h00- mística de encerramento
12h00- Almoço


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jovens são o foco de oficina sobre empreendedorismo para "Pensar Grande"

Lançamento de livro sobre violência sexual contra crianças e adolescentes na Amazônia em Belém

MPT afirma que 63 mil crianças e adolescentes foram retiradas do trabalho infantil no Brasil