Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

OAB realiza conferência sobre abuso sexual de pessoas com deficiência

Realizada pela COMISSÃO DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DA OAB – PA,  evento será dia 15/09, no Plenário da OAB PA

Conferência sobre "Violência Sexual Contra a Pessoa com Deficiência – Um Tema ainda Invisível" - Para combater o problema, manifestações demandam que políticas públicas incluam programas e ações de prevenção.

PROGRAMAÇÃO:
14h – inscrição no dia do evento – 1kg de alimento não perecível que será doado ao Abrigo Especial Calabriano. (Av.Senador Lemos, n° 1431-Telegrafo-Belém/PA)

Palestrantes:
1 – 14h - EUGÊNIA FONSECA –  Graduada em Serviço Social e pós em políticas públicas, Idealizadora do Projeto Girassol implantado no hospital da santa casa, prestando atenção humanizada a crianças, adolescentes em situação de Violência  Sexual, inclusive aqueles com deficiência, independente da faixa etária! Em 2004 em articulação com a rede estadual e fórum municipal  junto ao Governo do Estado foi implantado o Propaz Integrado, com base na experiência do Proje…

Janelas do Pia aborda atendimento de adolescentes em instituições de acolhimento e seus familiares

Imagem

4 ONGs paraenses são selecionadas em edital da Fundação Telefônica

Imagem
Foram no total 39 municípios brasileiros contemplados. No Pará estão Belém, Marabá e Santarém para Programa de Voluntariado 2016 da Fundação Telefônica Vivo.
As ONG´s Instituto Felipe Smaldone (Belém), Instituto Cultural Hozana Lopes de Abreu (Marabá), Associação Mulheres de Raça (Redenção) e APAE (Santarém) foram selecionadas para o Programa de Voluntariado 2016 da Fundação Telefônica Vivo, em edital lançado no inicio deste ano. O resultado foi divulgado no ultimo dia 03.08, e contemplou 47 instituições de 39 municipios em todo o Brasil.
As instituições irão receber consultoria da equipe de profissionais da Fundação por meio de Comitês, e assim prepara-los para o Dia do Voluntariado Telefônica, que ocorre em outubro. O edital também prevê outras ações ao longo do ano, como jantar beneficente, rifas, campanhas de Páscoa e do Agasalho, Dia das Crianças, Natal, entre outros.
Mais informações: http://fundacaotelefonica.org.br
Confira abaixo a lista completa de instituições con…

Fundação Itaú Social prorroga inscrições para o edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência

Propostas de projetos desenvolvidos no Pará em defesa e pela garantia dos direitos de crianças e adolescentes podem ser inscritas até o dia 15 de agosto para edital da Fundação Itaú Social. Os projetos devem ser destinados a ações educacionais com foco na educação integral. Em 2015, foram selecionados 36 projetos, entre eles a experiências de Belém (PA) do projeto "Escola Viva: Enfrentando nas escolas públicas o uso de álcool e outras drogas por crianças e adolescentes e gravidez precoce", desenvolvido pelo Movimento de Promoção da Mulher (MOPROM). Para efetuar a inscrição das propostas, os Conselhos de Direito devem enviar a Carta de Encaminhamento, o Formulário de Inscrição de Proposta e a planilha de Orçamento da Proposta. As inscrições recebidas serão analisadas durante os meses de agosto a outubro e o resultado final tem previsão de divulgação para 30 de novembro. A íntegra do edital e a relação de documentação necessária estão disponíveis no site da Fundação Itaú Soci…

Confira informações sobre Congresso que aborda os impactos das grandes obras e direitos humanos na Amazônia

Imagem

Semana do Advogado leva curso sobre depoimento especial de Crianças e Adolescentes

Imagem

Unipop abre inscrições de curso para formação de Jovens Comunicadores da Amazônia

Imagem

CEPAL critica ‘invisibilidade estatística’ dos povos indígenas na América Latina

Fonte: https://nacoesunidas.org/cepal-critica-invisibilidade-estatistica-dos-povos-indigenas-na-america-latina/


Indígenas representam 8,3% da população da América Latina, segundo os dados mais recentes da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL). Organismo regional acredita que países devem melhorar qualidade de dados coletados sobre povos indígenas para incluí-los em censos e políticas públicas.

Em evento paralelo ao Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável sobre os direitos e contribuições dos povos indígenas para a Agenda 2030 da ONU, a secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena, criticou a falta de dados estatísticos que torna invisíveis esses povos. Atualmente, o organismo regional presta assistência técnica a seus Estados-membros para apoiar o desenvolvimento de métodos de monitoramento da população que incluam os indígenas, além de atuar junto a organizações dos povos nativos para p…