Pró-DCA inicia formação dos adolescentes em conflito com a lei

Do Portal UNIPOP

O Programa de Promoção e Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes em Instituições Assistenciais e Judiciais do Estado do Pará (Pró-DCA), coordenado pelo Instituto Universidade Popular, vai iniciar na última semana de março, o processo formativo com meninos e meninas em cumprimento de medidas sócio-educativas. As primeiras oficinas acontecerão nos centros de internação e semi-liberdade da Funcap em Belém, para depois serem realizadas em Marabá e Santarém. O Pró-DCA é desenvolvido em parceria da SDDH, Sódireitos, Movimento República de Emaús, Cedeca/Emaús, Cedca, Fórum DCA, Famcos, União Européia e Christian Aid.

Segundo o coordenador do Programa, Max Costa, serão de dez a 20 jovens participarão do processo formativo, dentro de uma carga horária de 12 horas, distribuídas em quatro oficinas. “A partir da troca de experiência desenvolvida nos processos formativos, queremos contribuir para que os adolescentes transformem-se em protagonistas dos seus direitos. Para isso, serão trabalhadas temáticas que os levem a refletir sobre seus sonhos, projetos de vida e projeção de futuro, diferenças, afetividade, meio ambiente e convívio em grupo”, explica.

A metodologia aplicada na formação é a construção de rodas de conversa. Além disso, os educadores - os quais serão selecionados e capacitados pela Unipop para trabalhar com os adolescentes - terão como base a experiência que a entidade desenvolve na área da arte-educação e educação popular.

Para facilitar o desenvolvimento dos processos formativos, o coordenador do Pró-DCA informou que acontecerão encontros formativos com os próprios educadores e, no dia 16 de março, como parte do planejamento do Programa, está marcada uma reunião com os gerentes de todos os espaços de cumprimento de medidas sócio-educativas da Funcap.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Forum DCA realiza ação em defesa de crianças em situação de rua

Jovens são o foco de oficina sobre empreendedorismo para "Pensar Grande"

Lançamento de livro sobre violência sexual contra crianças e adolescentes na Amazônia em Belém